Notícia

PLANEJAMENTO, GESTÃO E PATRIMÔNIO

Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio
Quarta, 22 Abril 2020 12:29
CORONAVÍRUS

Nova agenda de trabalho dos Estados deve minimizar impactos do coronavírus no Brasil

Proposto pelo Consad, plano de longo e médio prazo tem o intuito de potencializar resultados das medidas estaduais no enfrentamento à pandemia

Desenvolvida por meio de videoconferência, a ação teve o intuito de elaborar a execução de uma nova agenda de trabalho para o conselho Desenvolvida por meio de videoconferência, a ação teve o intuito de elaborar a execução de uma nova agenda de trabalho para o conselho Reprodução/Consad
Texto de Minne Santos

O Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad) realizou, nesta quarta-feira (22), a primeira reunião estratégica após a pandemia de coronavírus que tem acometido o mundo nos últimos meses. Desenvolvida por meio de videoconferência, a ação teve o intuito de elaborar a execução de uma nova agenda de trabalho para o conselho, que esteja alinhada às tratativas relacionadas à crise atual.

Mediada pelo presidente do Consad e secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos, a reunião teve como pauta principal a criação de um painel de acompanhamento das medidas estaduais de enfrentamento à covid-19 e a implementação de novas diretrizes, baseadas num plano de médio e longo prazo, a serem tomadas pelos entes, de maneira alinhada, no sentido de minimizar os impactos da pandemia.

“A ideia é que possamos nos aprofundar e traçar medidas em frentes de atuação como a desaceleração da propagação da pandemia, a obtenção de recursos, o atendimento de saúde, o auxílio a famílias e grupos vulneráveis, o apoio aos municípios, à atividade econômica e à pesquisa científica, temas centrais para o enfrentamento ao vírus nos estados”, explica o presidente do conselho.

Por meio dessas linhas de ação, as unidades federativas poderão colocar em prática uma agenda de longo e médio prazo construída em torno de medidas que envolvem diretrizes para o sistema de saúde, para a gestão fiscal e para as finanças públicas, para o federalismo, para a gestão de pessoas, para a Transformação Digital, para as compras públicas, entre outras coisas.

“O Consad vem trabalhando pela integração cada vez mais consolidada dos Estados e esse laço firmado por todos os entes tem sido de extrema importância no momento em que estamos vivenciando. O Brasil e o mundo têm enfrentado tempos muito difíceis e que exigem que a administração pública se reinvente, de forma econômica e criativa, para atender a todos, mas, principalmente, àqueles que mais precisam. As unidades federativas vêm dando o seu melhor no que diz respeito às ações de enfrentamento a essa crise e não temos dúvidas de que, alinhados em torno de um mesmo propósito, guiados por ações estratégicas, conseguiremos potencializar ainda mais o nosso trabalho nesse momento”, afirma Fabrício Marques.

A expectativa é que novas reuniões do Consad aconteçam em breve para que os entes possam se aprofundar no tema.